Software de LGPD | DPO MAX

Categorias
Tecnologia

O Angelo Vicente jogando luz na IA com o que anda estudando lá no MIT

O Angelo Vicente jogando luz na IA com o que anda estudando lá no MIT

Design sem nome

No curso de Inteligência Artificial Aplicada a Negócios, com o especialista Manish Raghavan do MIT, discutimos a evolução da IA ao longo dos últimos 60 anos e suas aplicações. Uma conclusão importante desta aula foi a de compreender o papel do computador e do ser humano na utilização da IA.

– O processo sem inteligência artificial coloca o ser humano no centro do processo, gerando insights a partir de dados e estabelecendo regras para que o sistema possa executar seus algoritmos.

– Por outro lado, o processo com inteligência artificial permite que os algoritmos sugiram as regras, permitindo que o ser humano se afaste do processo e interaja apenas quando for necessário.

ChatGPT

O ChatGPT é um exemplo perfeito desse processo com inteligência artificial. É um modelo de processamento de linguagem natural (NLP) que foi treinado com muita interferência humana para melhorar as respostas oferecidas aos usuários. Como resultado, a máquina aprendeu a seguir as orientações fornecidas pelos seres humanos, tornando-se uma ferramenta valiosa para a automação de processos e ajudando a melhorar a eficiência e a precisão dos resultados das pesquisas.

Conceito

É importante lembrar que todas as aplicações de machine learning são, na verdade, inteligência artificial, mas o contrário não é necessariamente verdadeiro. O machine learning é uma importante subárea da inteligência artificial que usa estatísticas e matemática para fazer previsões em áreas como imagens, veículos autônomos, etc.

Algumas aplicacões no e-commerce de Machine Learning (ML) e Inteligência Artificial (IA):

1) Recomendações de Produtos: Sistemas de recomendação de produtos utilizam algoritmos de ML para analisar as preferências do usuário e oferecer sugestões personalizadas de produtos.

2) Análise de Preços: As empresas usam algoritmos de ML para monitorar preços e ajustá-los em tempo real, otimizando a margem de lucro.

3) Análise de Vendas: Os varejistas usam algoritmos de ML para prever a demanda futura e tomar decisões de estoque e logística mais informadas.

4) Otimização de Campanhas de Marketing: Algoritmos de ML são usados para otimizar a segmentação de público-alvo, orçamento e mensagem de campanhas de marketing, aumentando a eficiência das campanhas.

5) Detecção de Fraude: Os sistemas de detecção de fraude usam algoritmos de ML para identificar padrões incomuns e comportamentos suspeitos, protegendo as empresas e seus clientes.

6) Classificação de Produtos: Algoritmos de ML são usados para classificar e organizar produtos em categorias específicas, facilitando a navegação do usuário na loja virtual.

7) Chatbots: Os chatbots usam IA para responder a perguntas dos clientes e fornecer suporte ao cliente, aumentando a eficiência e a satisfação do cliente.

As figuras abaixo ajudam a entender onde cada aplicação se encontra no universo da AI.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Notícias Relacionadas